VALE A PENA LEREM!

O VALE DOS SENTIMENTOS
Era uma vez um lugar chamado "Vale dos Sentimentos". Lá moravam todos os sentimentos do mundo, cada qual com o seu nome. Alegria, Riqueza, Sabedoria, Determinação..... Apesar de serem tão diferentes, se davam todos muito bem.Até os sentimentos como o Orgulho, Tristeza e Vaidade não tinham problemas entre si. Mas era lá no fundo do vale, na última das casinhas que morava o mais bonito dos sentimentos: era o Amor! Ele era tão bom que quando os outros sentimentos chegavam perto dele, ficavam mudados porque eles sabiam que, dentre eles, o Amor era o melhor! Porém, no mesmo vale, num lugar mais afastado havia um castelo! E lá também morava um sentimento, só que não tinha nadinha de bom... Era a Raiva ! E a Raiva, de tão ruim que era, não gostava dos moradores do vale! Por isso, quando acordava de mau humor, fazia de tudo para estragar a beleza do lugar. Certo dia, teve uma boa idéia. Foi até o calabouço e preparou a poção mais esquisita e estraga-prazeres de que se teve notícias! A fumaça da poção tomou conta do lugar, do vale e se transformou numa tempestade como nunca se tinha visto antes. Quando o vale se encheu de raios, chuva e vento, todos correram para se proteger. O Egoísmo foi o primeiro a se esconder, deixando todos para trás. A Alegria deu risada de alívio por ter se salvado rapidinho.A Riqueza recolheu tudo que era seu antes de se abrigar! A Tristeza... A Sabedoria.... A Vaidade.... todos conseguiram chegar em suas casas a tempo! Todos, menos o Amor. Ele estava tão preocupado em ajudar os outros sentimentos que acabou ficando para trás. Então uma coisa aconteceu!Um raio bem forte caiu sobre o vale atingindo o Amor. A Raiva deu sua tarefa por cumprida e foi dormir. Quando a tempestade passou, os sentimentos puderam abrir as janelas aliviados. Mas ao saírem eles sentiram uma coisa diferente no ar. Algo que nunca tinham sentido antes. Foi então que eles viram...."O que aconteceu com o Amor ? ""Ele não se mexe!!!""Tá tão parado que até parece que.... MORREU!" Nisso a Tristeza se pôs a chorar! O Orgulho não aceitava. Disse que era mentira!A Riqueza disse que era um desperdício!E a Alegria, pela primeira vez, não sorriu! Foi aí que uma coisa estranha começou a acontecer. Os sentimentos começaram a ter desavenças, porque sem o Amor para uní-los, as diferenças apareceram! A situação já estava bem ruim quando eles repararam que estavam sendo observados. Alguém que eles nunca tinham visto ali antes. Então, o estranho se ajoelhou na frente do Amor, tocou-o calmamente e ele abriu os olhos!"Ele não morreu! O Amor não morreu!" - gritaram os outros sentimentos! Foi aí que todos puderam ver o rosto do estranho que se chamava Tempo. E todos comemoraram porque o Amor estava vivo e sempre vai estar porque não há nada que acabe com o Amor, tendo o Tempo ao seu lado para ajudá-lo. E a paz e a harmonia ainda reina por muito, muito tempo no vale dos sentimentos. E sabe o que aconteceu com o Amor e com o Tempo??? Eles se casaram e tiveram três filhos: Experiência, Perdão e Compreensão e que moram até hoje no vale dos sentimentos, lá no fundinho do coração!

16 comentários:

elsa nyny disse...

linda!!

O amor que mora no "vale dos sentimentos" é mesmo o melhor, porque o amor tudo pode!!!

Beijinhos cheinhos de amor de Jesus!!!

:)

anita disse...

Flor bom dia. Já conhecia este texto. O amor tudo pode. Deus é Amor e isso me basta.
Um dia muito abençoado.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

Micas disse...

Flor gostei muito. Não conhecia este texto.
Bjo

Girassol disse...

No fundinho do coração todos guardamos um vale de sentimentos, e cada um de nós é responsável pelo sentimento que deixa prevalecer!
Sou e serei sempre fã incondicional do amor, pois tal como diz o texto, sem ele nada resiste, nada cresce e ninguém se entende.
Nesse vale dos sentimentos, precisamos cultivar Amor em abundância, amor por tudo e todos que vivem ao nosso redor, pois só assim o nosso Tempo fará sentido.


Beijinhos Flôr.

Desinteressada,mas pouco disse...

Pode dizer-se mesmo que quem não tem amor não tem nada.
Quem não o tem para dar, na certa dificilmente algum vai receber.
Quem não o recebe morre lentamente.
Os filhos de Deus nunca morrerão com falta de amor, porque o amor Dele é incondicional.
É um texto bonito e profundo.
Obrigado Flôr.........
Muitas flores pra ti.

Andreia do Flautim disse...

Olá amiga!

É verdade, o amor deve triunfar sempre!

Um grande abraço para ti!

Paulo Costa disse...

Que história tão bela! Gostei imenso. O Amor há-de sempre triunfar, apesar de todas as adversidades. O Amor é o perfeito vínculo de união. Sem ele, tudo acaba por esmorecer, entristecer e degenerar.
Flor, muito obrigado(do fundo do coração) pelos teus conselhos e recomendações em relação à extensão dos meus posts. Tu tens razão, hoje em dia, são poucas as pessoas que têm disponibilidade para ler textos tão longos. Felizmente, há excepções, e tu és uma delas. Não imaginas como eu aprecio as mensagens que deixas nos meus blogs.
Claro que não levei a mal as tuas recomendações. Muito pelo contrário, eu sou grato tanto pelos teus elogios como pelas "críticas" e observações que fazes.
És a minha admiradora nº1! Mas, eu não espero somente elogios da tua parte. As críticas e opiniões que tu e outras pessoas fazem, são importantes para melhorar a estrutura e conteúdo dos posts que escrevo.
Como é que eu podia levar-te a mal? Tu dizes as coisas com tanto respeito, delicadeza, dignidade e amor! Quando tiveres algo a dizer(mal ou bem) sobre o conteúdo ou estrutura de um post meu, não hesites nem tenhas receio. Eu agradeço! O importante é melhorar e crescer para levar a Palavra de Deus ao maior número de pessoas possível.
Fiquei muito contente por partilhares o texto que postei com a tua amiga.
Daqui a pouco, vou visitar o blog do teu amigo Alfredo. Depois, transmito-te a minha opinião.
Muitos beijinhos. Tem uma boa noite e que Deus te abençoe.

Anónimo disse...

Que esse santo casamento, perdure para alem dos seculos.
Como sempre delicias-nos com coisas lindas no teu blog. Pena é seres uma peste para o teu mano velho.
Já nem sei se gosto mais de tu, se do teu blog.
Fica com a benção do PAI e a protecção de JESUS extensiveis ao Hugo, Pedro e como não podia deixar de ser a Ana

Paulo Costa disse...

Cá estou eu de novo. Já visitei o blog do teu amigo e irmão Alfredo. Gostei imenso! Fico contente por ele estar de volta. Li praticamente todos os posts que ele publicou. O testemunho dele é muito interessante e revela o quanto Deus está perto de nós e sempre disposto a revelar-se aos que O buscam de todo o coração.
Beijinhos!

Cátia disse...

Ola minha querida,

O amor é assim, pode tudo... princialmente o amor de Deus que é imenso...

Ontem recebi a tua mensagem e adorei... adorei as palavras, o gesto e o carinho (infelizmente foi um dia de muito trabalho e nao deu para responder..). Mas venho aqui hj agradecer-te e dar-te um grande beijinho.

Fica com Deus.
Beijinhos

Bia disse...

Bela essa história passada no vale dos sentimentos... onde todos eles se misturam e se precisam e o amor não morre nunca.
Um beijo

Freyja disse...

la historia bellizima, realmente tienes un blog muy lindo y hermosa reflexion
gracias por tus saludos en blog Luso y que estes muy bien
besitos


besos y sueños

tibeu disse...

Olá estou a aprender com a minha passagem por aqui, gostei muito deste blog e vou voltar assim que possivel. bj

olho_azul disse...

Uma bela história do teu jardim!
Há sentimento mais belo que o Amor? Deve contudo ser estimado, bem tratado, acarinhado, para que cresça forte, vigoroso, inabalável!
Beijocas

Paula C. disse...

O amor é o sentimento mais nobre.
Que bonito texto minha Flor.
E a música "toca-me" a alma.

Paula Carvalho

Cátia disse...

Venho desejar-te uma boa noite, cheio de paz e alegria. Deus vela o teu dormir...

Eu ando um pouco atarefeda sim... o proximo post no ticho sai amanha à noite, não queria postar nada porque queria voltar ao assunto violencia, e não queria fazer nada a correr e com pressa.

Mas podes passar sempre por lá... :)
Beijinhos grandes