O BOSQUE!

Tempos atrás, eu era vizinho de um médico, cujo "hobby" era plantar árvores no enorme quintal de sua casa. Às vezes, observava da minha janela o seu esforço para plantar árvores e mais árvores, todos os dias. O que mais chamava a atenção, entretanto, era o fato de que ele jamais regava as mudas que plantava. Passei a notar, depois de algum tempo, que suas árvores estavam demorando muito para crescer. Certo dia, resolvi então aproximar-me do médico e perguntei se ele não tinha receio de que as árvores não crescessem, pois percebia que ele nunca as regava. Foi quando, com um ar orgulhoso, ele me descreveu sua fantástica teoria. Disse-me que, se regasse suas plantas, as raízes se acomodariam na superfície e ficariam sempre esperando pela água mais fácil, vinda de cima. Como ele não as regava, as árvores demorariam mais para crescer, mas suas raízes tenderiam a migrar para o fundo, em busca da água e das várias fontes nutrientes encontradas nas camadas mais inferiores do solo. Assim, segundo ele, as árvores teriam raízes profundas e seriam mais resistentes às intempéries. Disse-me ainda, que freqüentemente dava uma palmadinha nas suas árvores, com um jornal enrolado, e que fazia isso para que se mantivessem sempre acordadas e atentas. Essa foi a única conversa que tive com aquele meu vizinho. Logo depois, fui morar em outro país, e nunca mais o encontrei. Vários anos depois, ao retornar do exterior fui dar uma olhada na minha antiga residência. Ao aproximar-me, notei um bosque que não havia antes. Meu antigo vizinho, havia realizado seu sonho! O curioso é que aquele era um dia de um vento muito forte e gelado, em que as árvores da rua estavam arqueadas, como se não estivessem resistindo ao rigor do inverno. Entretanto, ao aproximar-me do quintal do médico, notei como estavam sólidas as suas árvores: praticamente não se moviam, resistindo implacavelmente àquela ventania toda. Que efeito curioso, pensei eu... As adversidades pela qual aquelas árvores tinham passado, levando palmadelas e tendo sido privadas de água, pareciam tê-las beneficiado de um modo que o conforto o tratamento mais fácil jamais conseguiriam. Todas as noites, antes de ir me deitar, dou sempre uma olhada em meus filhos. Debruço-me sobre suas camas e observo como têm crescido. Freqüentemente, oro por eles. Na maioria das vezes, peço para que suas vidas sejam fáceis: "Meu Deus, livre meus filhos de todas as dificuldades e agressões desse mundo"... Tenho pensado, entretanto, que é hora de alterar minhas orações. Essa mudança tem a ver com o fato de que é inevitável que os ventos gelados e fortes nos atinjam e aos nossos filhos. Sei que eles encontrarão inúmeros problemas e que, portanto, minhas orações para que as dificuldades não ocorram, têm sido ingênuas demais. Sempre haverá uma tempestade, ocorrendo em algum lugar. Portanto, pretendo mudar minhas orações. Farei isso porque, quer nós queiramos ou não, a vida é não é muito fácil. Ao contrário do que tenho feito, passarei a orar para que meus filhos cresçam com raízes profundas, de tal forma que possam retirar energia das melhores fontes, das mais divinas, que se encontram nos locais mais remotos. Oramos demais para termos facilidades, mas na verdade o que precisamos fazer é pedir para desenvolver raízes fortes e profundas, de tal modo que quando as tempestades chegarem e os ventos gelados soprarem, resistiremos bravamente, ao invés de sermos subjugados e varridos para longe.
(Desconheço o autor)

19 comentários:

.:*:. Ferípula .:*:. disse...

Que verdades!!!
Raíces profundas es lo que necesitamos...Las hojas dependen de ella.

Gracias por traer estos pensamientos a nuestro corazón!
Un fuerte abrazo, hermanita!!!!
♥♥♥

Sol da meia noite disse...

Lindo o texto. Profundo o ensinamento.
Criar defesas para resistir às adversidades... precisamos. E precisamos de o ensinar aos nossos filhos.
Sabes, sempre entendi que o facilitismo é algo que se vem a pagar caro...

Beijinhos mil, amiga

Sol da meia noite disse...

Olha, vim experimentar a ver se conseguia comentar e agora percebo... depois que o disco do meu pc foi a formatar, resolvi muitos dos problemas que tinha.

Jinho

gosto-muito-de-voce-leozinho disse...

raizes bem profundas......é o que quero

gosto-muito-de-voce-leozinho disse...

raizes bem profundas......é o que quero

Alexandra Caracol disse...

Olá,

Adorei o teu cantinho. Continua a transmitir amor que decerto tudo irá desabrochar em força.

Beijoca

Alexandra

sonmarry (Floripa - Brasil) disse...

Oi amada. Brigadinho pela visita viu? Vc é especial. De repente..plantamos uma semente... e, no futuro, temos árvores frondozas com raízes profundas.
Que nossa amizade continue assim.
Beijinhos.
Sônia

Anónimo disse...

Tu lembras-te de encontrar cada coisa.......... mas sempre com muita profundidade e que deixa a gente a pensar, melga amiga. Ou será amiga melga, já nem sei nem estou para pensar nisso agora. Porque sou um homem de coração e carteira aberta, aqui de deixo um vigésimo de um beijo, porque hoje estou um mãos esbanjadoras.
Mano Velho

Anita disse...

Se não podes ser o sol,
sê um planeta, mas nunca
deixes de irradiar a Luz
que mora no teu coração.

Um dia cheio de muito amor.
Beijocas.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

Há tempos atrás coloquei esta mesma mensagem. é importante reflectirmos.

Regy Angel disse...

Que historia linda...
é de ficar pensativa!
beijos...
adorei seu blog

Regy Angel disse...

Que historia linda...
é de ficar pensativa!
beijos...
adorei seu blog

Miudaaa disse...

Minha Flor Querida, que belo texto. Mesmooo MUITOOO BOM.
É um facto de que quem gosta cuida, mas também é verdade que não devemos exagerar, porque a vida está diáriamente à nossa espera. Desafia-nos e gosta muito que a percebamos tal e qual ela é.

Um Beijo de Quem AMAAA tu, miudaaa

leonor costa disse...

O texto é lindo e verdadeiro.Muitas vezes são as agruras da vida que nos ajudam a crescer e a ficarmos mais fortes.
Passei aqui por acaso e gostei.

Bjs.

HOJE E AMANHÃ

Estrela do mar disse...

...amiga, muito bonito este texto...gostei de o ler...


Beijinhosssssssss e cont. de uma boa semaninha.

Anita disse...

Olá miguita bom dia. Hoje a Marta acaba as frequências depois só trabalhos de campo e seminários.
Para a semana estará em casa. Vou poder mimá-la muitooooo.
Beijocas.

Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

Miudaaa disse...

Olááá!!!
Surpresaaa!!! Olhaaa eu cheia de chocolatesss :)

Vi trazer-te Um/Uns.

Beijosss, muitosss!!!

O Profeta disse...

Os pesares dividem as marés
A idade do ouro ainda tarda
Os anos passam como gotas varridas
Por um tempo que retrata o nada


Convido-te a saborear um absinto no meu espaço
pela Taça de Fino Ouro



Mágico beijo

Divinius disse...

A luz que te deixo é da cor da minha vida...)
Gostei de ler:)

redonda disse...

Gostei desta história